A grande atração do fim de semana da velocidade (com GP de Mônaco e 500 Milhas de Indianápolis) é, sem dúvida, a presença do bicampeão Fernando Alonso na corrida de Indiana, em vez de correr pela sua escuderia no Principado.
Muita polêmica surgiu com esse fato, mas não é a primeira vez que isso acontece. Como as 500 milhas são algo como uma corrida diferentona, em que qualquer um que pagar e fizer os testes pode correr apenas ela – como é o caso do Alonso – ele só precisa dar um migué no ~outro emprego~ dele.

Inspirados nesse fato, vamos aqui estrear nosso quadro de listas: a Arena Pódio. Desta vez vamos mostrar 8 pilotos que já disputaram provas na Fórmula 1 e Fórmula Indy (um fez bem parecido com o que o Alonso fez). 

Antes de mais nada, vamos citar o teste que Ayrton Senna fez com um carro da Penske, da Indy. Não contamos nessa lista pois não ocorreu de forma oficial. Dito isso, vamos a lista:

Jacques Villeneuve

Jacques Villeneuve é filho do lendário Gilles Villeneuve, campeão de F1 que tragicamente morreu num acidente durante corrida.

Canadense, foi campeão da Fórmula Indy em 1995, vencendo as 500 Milhas daquele ano. Resolveu se aventurar na Fórmula 1 em 1996, pilotand a Williams ao lado de Damon Hill. Deu trabalho ao inglês, mas acabou sendo vice-campeão. O título viria no ano seguinte, dessa vez contra Schumacher, que pilotava a Benetton.

Ainda pilotou por BAR até sair da categoria em 2002, onde ficou correndo esporadicamente até 2006.

Ele é o único a ser campeão da Formula Indy antes de conquistar o campeonato da Formula 1.

Nigel Mansell

O Leão inglês causa admiração e espanto aos fãs de velocidade. Ele era conhecido nas pistas pelo estilo arrojado, pela forma agressiva de direção. Isso causou admiração do público.

No entanto, ele sofria de uma grande falta de sorte. Ele ficou diversas vezes com a mão na taça da F1, mas algum acidente acontecia.

Isso causou espanto e dúvida entre os fãs: era ousado ou burro? De qualquer forma, venceu em 1992 a Fórmula 1 e venceu na Formula Indy em 1993 – o primeiro “novato” a ser campeão na Indy.

Emerson Fittipaldi

Emerson Fittipaldi é um dos mais vitoriosos do automobilismo brasileiro.

Foi o primeiro brasileiro a se tornar campeão mundial de Fórmula 1 e em categorias de ponta no automobilismo internacional, abrindo portas para vários compatriotas. Fittipaldi foi bicampeão da Fórmula 1 em 1972 e 1974, campeão da Fórmula Indy em 1989 e bicampeão das 500 milhas de Indianápolis em 1989 e 1993.

É um dos poucos a vencer duas vezes a F1 e as 500 milhas.

Mario Andretti

Agora é a vez do ítalo-americano que nasceu na Croácia oO

Mario Andretti nasceu em Motovun, na Croácia, mas é de família italiana, e acabou se mudando para os EUA. É uma das maiores lendas do automobilismo, e um dos poucos pilotos americanos a obter sucesso fora dos isteites.

Ele é um dos poucos pilotos que já venceram na Fórmula 1, Fórmula Indy, World Sportscar Championship e NASCAR. É o único piloto a vencer a 500 milhas de Indianápolis, Daytona 500 e o Campeonato Mundial de Fórmula 1 (em 1978), sendo campeão da Indy anos depois (1984)

Rubens Barrichello

OK, digamos que ele ~marcou presença~ apenas na Formula Indy, mas vale a menção honrosa.

Ficou 19 temporadas na Fórmula 1, sendo bi-vice campeão, e recordista de GPs disputados. Fez testes na equipe da Indy KV Racing no início de 2012, após sair da Williams, sua última equipe na F1. Teve um desempenho discreto, saindo ao final daquela temporada.

Juan Pablo Montoya

“Win or Wall”. Esse era o lema do colombiano voador, que ingressou na F1 em 2001, correndo pelas cores da Williams.

Teve uma carreira interessante na F1, vencendo sete vezes nos seis anos que pilotou por lá. Saiu em 2006 para competir na NASCAR. Conseguiu vencer apenas duas vezes nos sete anos que ficou na categoria. Em 2014 pintou na Fórmula Indy, saindo em 2016.

Jim Clark

O britânico, um dos nomes mais famosos do mundo do automobilismo, também disputou as duas categorias.

Passou pela F1 entre os anos de 1960 e 1968, onde conquistou duas terceiras colocações, um vice-campeonato e um bicampeonato. Assim como Alonso, também correu as 500 Milhas de Indianápolis nesse mesmo período. Disputou a prova cinco vezes, vencendo em 1965.

Alex Zanardi

O italiano, além de ir e vir entre as duas categorias, tem uma história impressionante:

Começou na F1 em 1991, saindo em 1995, sem nunca ter disputado um campeonato completo. Em 1996 foi para a Indy, onde fez enorme sucesso: um terceiro lugar, um bicampeonato e dois títulos (1997 e 1998). Em 1999, finalmente disputa um campeonato completo na F1, mas sem o mesmo sucesso. Volta a Indy em 2001 e tem sua vida mudada drasticamente após sofrer um grave acidente durante uma prova, em que perdeu as duas pernas. Isso não o impediu de continuar na velocidade. Após se aventurar em diversas categorias do automobilismo, resolveu virar atleta paralímpico de ciclismo, onde conquistou diversas medalhas – inclusive aqui no Brasil, em 2016.

Fonte e Fonte

E aí, curtiu? Comenta aí!
Tem sugestões de listas? É só deixar nos comentários!

Seja mais um Geraldo da Arena! Receba as nossas novidades direto do seu e-mail!