AG News Arena Olímpica

Conheça as medalhas do Rio 2016!

Faltando pouco mais de 50 dias para o evento multiesportivo mais importante do mundo, finalmente o sonho de consumo dos atletas que virão ao Rio em agosto (para os Jogos Olímpicos) e setembro (para os Jogos Paralímpicos) foi exibido ao público: as medalhas!

pequim

Desde o início dos Jogos, em 1896, é costume premiar os vencedores. Inicialmente, apenas com coroas de ramos de oliveira, da mesma forma que acontecia na Antiguidade.
Em seguida, as medalhas foram instituídas e, em 1928, começaram a ser padronizadas. E chegou a hora de ver como serão as medalhas Rio 2016!

A revelação aconteceu nesta terça-feira, na Arena do Futuro, Parque Olímpico da Barra da Tijuca. O evento teve a presença do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, do presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro(CPB), Andrew Parsons, do ministro do esporte, Leonardo Picciani, e da presidente da comissão de coordenação do COI para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, Nawal El Moutawakel. Ex-atletas e crianças de escolas públicas do Rio também estiveram presentes.

Mais cedo, inclusive, o presidente em exercício golpista Michel Temer, recebeu a visita de Bach, que pediu que o evento não fosse influenciado pelo turbilhão político nacional.

Enfim, o papo é medalhas! Teremos as medalhas mais pesadas da história olímpica: 500g!

27567244532_1294124fd9_o

Como curiosidade, a medalha de ouro não é totalmente de ouro. Assim como essa sua aliança aí, ela é só folheada: 494g de prata (metal) com 92,5% de pureza e 6g de ouro, com 99,9% de pureza.

Para você saber a composição das outras medalhas, lá vai:

Prata: 500g de prata (ou seja, é prata maciça)
Bronze: 475g de cobre e 25g de zinco, sendo 40% do cobre reciclado.

Como não pode deixar de ser, há uma preocupação ambiental também na elaboração das medalhas. Além da prata e do bronze reciclados, o ouro, segundo a Casa da Moeda – a responsável pela “fabricação” das medalhas – é isento de mercúrio.
As fitas da medalhas também seguem essa tendência, sendo feitas com quase 50% de fios de garrafas PET recicladas.

Nas medalhas olímpicas, desde 2004, é obrigatório ter numa das faces a imagem de Nike, a Deusa da Vitória – não confundir com a marca – no centro, com o Estádio Paratinaiko ao fundo – local dos primeiros Jogos da Era Moderna, em Atenas 1896.

A outra face, no caso do Rio 2016, tem uma coroa de louros gigante rodeando a logo. nas bordas é indicado o naipe da medalha e esporte/modalidade que premia.

27593739251_9431e681df_o

Já as medalhas paralímpicas contam com uma novidade: possúem guizos que emitem sons diferentes para as medalhas – ou seja, o ~som~ do ouro, da prata e do bronze.

A medalha paralímpica, ao contrário da olímpica, possui a logo dos Jogos Paralímpicos de um lado e, no outro, inscrições em braille – provavelmente com o lema e/ou indicações do naipe da medalha e do esporte/modalidade.

Ao todo foram fabricadas cerca de 5 mil medalhas de premiação, um pouco mais da metade sendo paralímpicas.

Foi apresentado também o pódio em que as medalhas serão recebidas. Elementos da natureza aparecem na identificação visual do pódio, o que é inédito. Cada medalhista receberá, junto com a medalha, uma escultura da logomarca Rio 2016. nas paralimpíadas, também receberão uma versão estilizada do mascote Tom, com cabelos em três cores.

dsc00530_E5LSxwl

Fonte

E aí, o que achou das medalhas? Surpreso com a composição delas? Eu também! 😛
Quais o Brasil vai ganhar mais? Comenta aí!

Seja mais um Geraldo da Arena! Receba as nossas novidades direto do seu e-mail!