Área de Imprensa

Internacional lança plano de sócio-torcedor para baixa renda!

O Conselho Deliberativo do Internacional aprovou uma medida que pode virar modelo para muitos clubes de futebol: O projeto SÓCIO POPULAR, criando uma nova faixa de associação para o plano de Sócio-Torcedor do Colorado.

A nova faixa contempla o torcedor de baixa renda, e tem custo de R$ 10 mensais, com mais 10 reais na compra de ingressos.

Os objetivos são: levar o torcedor de baixa renda ao Beira-Rio, aumentar o número de associados do clube – que estagnou na faixa de 100 mil associados desde 2009 – e aumentar a taxa de ocupação do estádio nos jogos do Inter.

Para fazer parte desse novo plano, o torcedor deve ter renda mensal de até dois salários mínimos, comprovada por carteira de trabalho e/ou contra-cheque. Além disso, poderão fazer parte dessa nova faixa membros de famílias cadastradas em programas sociais do governo e estudantes de escola pública.

Caso o torcedor não possa comprovar renda via contra-cheque ou carteira de trabalho, o postulante deverá ser indicado por outro sócio e assinar um termo específico de baixa renda, passando em seguida por análise de um comitê interno do clube para a associação ser aceita.

Como essa será a nova faixa mais baixa do plano de sócios do Inter, a compra do ingresso para associados do SÓCIO POPULAR só acontece após o fim do Check-in dos associados dos planos Sócio Campeão do Mundo (R$ 40 por mês, com 50% de desconto nos ingressos), Sócio Nada Vai nos Separar (R$ 20 por mês, com preferência na compra dos ingressos) e Sócio Cadeira Locada (a partir de R$ 155 por mês, com acesso garantido a todos os jogos).

No entanto, o Conselho Deliberativo afirma que em jogos de grande procura, haverá quota de ingressos para que os SÓCIO POPULARES também possam assistir in loco jogos decisivos do Inter.

Segundo os idealizadores do projeto, apenas 6% dos associados do clube atualmente poderiam migrar para a nova modalidade.

O projeto vem sendo bem aceito pelo público e pela imprensa. Registrar o Sócio-Torcedor do clube dessa forma, além dos objetivos citados acima, podem ajudar a coibir o cambismo de ingressos e a identificação do associado pode facilitar a identificação de vândalos – isso é, se eles tiverem a coragem de se associar, mas como esse tipo de gente não pensa no clube, não vai se associar.

Mesmo assim, muita gente acusa o Inter nas redes sociais de – acredite – petista e comunista, e que vai popularizar demais os estádios.

O nosso futebol enfrenta dois problemas antagônicos: a nutelização, com as novas arenas e público batedor de selfie, e o afastamento dos torcedores que vão com suas famílias, frente a violência crescente dentro e fora dos estádios, fato esse ignorado pelas autoridades ~competentes~.

Esse gesto do Inter pode ser um contraponto nesse sentido, já que populariza e credencia os torcedores.

Fonte


E você? O que acha? Seria uma boa para o seu time? Comenta aí!

Seja mais um Geraldo da Arena! Receba as nossas novidades direto do seu e-mail!