Área de Imprensa

Os recordes quebrados na temporada 16/17 da NBA!

As finais da NBA estão entrando na fase decisiva, e a final entre Golden State Warriors e Cleveland Cavalliers promete ainda muitas emoções.

Pelo menos é o que se espera para coroar uma temporada sensacional, com diversos recordes quebrados. Os jogadores na temporada 16/17 brincaram de quebrar marcas que duravam anos.

Separamos aqui algumas dessas marcas impressionantes, divididas em categorias:

Recordes Gerais

A maior média de tentativas (e de acertos) de arremessos de 3 pontos: 9,7 acertos por jogo, de uma média de 27 tentativas;

Maior quantidade de jogadores com mais de 50 pontos por partida: nunca 10 jogadores conseguiram fazer isso numa mesma temporada. Só Russel Westbrook, atleta do Oklahoma City Thunders – guarde esse nome – fez isso QUATRO vezes na temporada;

Maior quantidade de triplo-duplos numa temporada: Aqui abrimos um parêntese.

O desempenho de um jogador de basquete durante uma partida é avaliado utilizando vários fatores:

  1. números de pontos marcados;
  2. assistências efetuadas;
  3. rebotes (quando o jogador retoma a posse de bola para o seu time após uma bola não convertida pelo adversário);
  4. lançamentos bloqueados;
  5. roubadas de bola;

Existe uma expressão chamada duplo-duplo (ou Double-Double em inglês) que é usada quando um jogador atinge 10 ou mais em dois desses fatores.

Da mesma forma, um triplo-duplo (ou Triple-Double) é usado quando três desses fatores atingem 10 ou mais numa partida.

Dito isso, podemos dizer que o recorde anterior (78 triplo-duplos) foi massacrado nessa temporada pelos jogadores: 115.
Para você ter uma ideia, James Harden (Houston Rockets), Russell Westbrook (Oklahoma City Thunders) e LeBron James (Cleveland Cavalliers) fizeram juntos 77 triplo-duplos.

Recordes de três pontos

Time que mais tentou (e acertou): Houston Rockets – 14,3 acertos por jogo, em média de 40 tentativas por partida. Foi a primeira franquia a atingir as 3000 tentativas de três pontos numa única temporada.

Time que mais converteu em uma partida: Cleveland Cavalliers – 25. Eles haviam atingido a mesma marca em 2015/2016, mas foi na pós-temporada.

Maior série consecutiva de pelo menos um arremesso de três convertido por jogo: Stephen Curry (Golden State Warriors) – 157 partidas seguidas.

Maior número de arremessos convertidos: Stephen Curry (Golden State Warriors) – no jogo seguinte ao que não conseguiu ampliar o recorde acima, marcou 13 cestas de três.

Recordes Individuais

Jogador mais jovem a marcar 70 pontos numa só partida: Devin Brooker – 20 anos.

Maior quantidade de pontos marcados em no primeiro quarto: Kevin Lowe – 34 pontos

Triplo-duplos

Maior número de triplo-duplos numa temporada: Russell Westbrook (Oklahoma City Thunders) – 42 vezes

Maior número de pontos marcados em um triplo-duplo: Russell Westbrook (Oklahoma City Thunders) – 57 pontos

Primeiro triplo-duplo sem marcar 10 pontos: 4 pontos, 11 rebotes, 10 assistências e 10 roubadas de bola. Se tivesse marcado mais 6 pontos, seria o quinto jogador da história a atingir o quadruplo-duplo.

Estatísticas únicas da temporada

James Harden: primeiro jogador com 2.000 pontos, 900 assistências e 600 rebotes

Giannis Antetokounmpo: primeiro jogador a ser o top-20 nas cinco principais categorias estatísticas – lembra que eu falei lá do duplo-duplo, dos fatores que são levados em conta? O Grego pode não ter sido um Westbrook da vida, mas foi regular o bastante para pegar TOP 20 em total de pontos, rebotes, assistencias, roubadas de bola e bloqueios.

Fonte

Enfim, é uma carvalhada de recordes derrubados e criados nessa temporada. E o último – talvez: nunca tivemos uma trilogia em finais de NBA: é a terceira final seguida entre Warriors e Cavalliers, com um triunfo para cada um.


Quem vai vencer o tira-teima? Faltou alguma estatística? Comenta aí!

Seja mais um Geraldo da Arena! Receba as nossas novidades direto do seu e-mail!