AG News Arena Olímpica

Plantão #ArenaRio #16

Que dia dourado pro Brasil! Desde 1920, nossa delegação nunca havia subido ao lugar mais alto do pódio duas vezes no mesmo dia! Vamos ver as medalhas que colecionamos ontem!

gettyimages-591747488

Isaquias sobe ao pódio mais uma vez! Medalhista de prata na categoria C1 1000m, Isaquias voltou ao pódio na C1 200m, com medalha de bronze. Assim, juntou-se ao seleto grupo de brasileiros com duas medalha em uma mesma edição dos Jogos – Cesar Cielo, em Pequim 2008, Gustavo Borges, em Atlanta 1996, e os atiradores Guilherme Paraense e Afrânio da Costa, ambos em Antuérpia 1920.

size_960_16_9_grael-e-kunze-conquistam-o-ouro-para-o-brasil-na-vela

A Vela não havia medalhado no Rio 2016, e passar em branco em casa seria demais para o esporte que medalha seguidamente desde Barcelona 1992. E veio na última prova, com muita emoção. Na regata final da classe 49er FX, Martine Grael e Kahena Kunze conseguiram uma vantagem de apenas dois segundos sobre as neozelandesas Alex Maloney e Molly Meechs, e conquistaram o quarto ouro brasileiro.

vol_alison_bruno_ap

Pra encerrar o dia, muito vento, muita chuva e muita luta. Alisson e Bruno Schimidt levaram o ouro na decisão do vôlei de praia. O esporte brasileiro não vencia uma dessas desde Atenas 2004, quando Ricardo e Emanuel foram os campeões. Os italianos venderam caro a medalha, mas com muita raça e com o apoio da torcida, levaram a quinta medalha de ouro pro Brasil!

Vamos aos outros destaques do dia:

ATROPELOU

000_FA16N-1024x683

– Usain Bolt não tem mais adjetivos. De mito pra cima. Ele conquistou a sua oitava medalha dourada olímpica da carreira, a segunda no Rio 2016, ao vencer a prova dos 200m. Sem recorde, mas com Bolt vencendo fácil, como sempre.

– Os irmãos Alistair e Jonathan Brownlee monopolizam o triatlo masculino desde Londres 2012, quando conquistaram, respectivamente, ouro e bronze. No Rio 2016, a única diferença foi que Jonathan chegou mais bem preparado e subiu um degrau. Medalhista de prata, planeja superar o irmão bicampeão em Tóquio 2020: “Ele estará mais velho, mais lento e grisalho”, justificou o morfético irmão.

– No hoquei sobre grama, se não deu para as Leonas argentinas, deu para os ~Leões~. O time masculino do hóquei sobre grama da Argentina compensou a decepção das meninas com uma inédita medalha de ouro na modalidade. Desde Sydney 2000 a Argentina sempre medalha nessa modalidade.

BOA, BRASIL

– O dia não foi de medalha para Darlan Romani, mas foi inesquecível. Ele quebrou o recorde brasileiro duas vezes no mesmo dia: pela manhã, na eliminatória, e a noite, na final. Ele ficou em quinto na decisão, mas sai se superou, e isso é que conta!

– A equipe do Brasil faz 38s19 no revezamento 4×100 masculino, se classificando para a final com o 8º melhor tempo.

IH, BRASIL…

thumb.aspx

– Aline da Silva, promessa de medalha para o Brasil, perde para a russa Ekaterina Bukina nas quartas de final da luta olímpica. Logo em seguida, a russa perde e elimina Aline do sonho do pódio.

– Renato Rezende é eliminado nas quartas de final do ciclismo BMX. Caiu duas vezes, na segunda, chegando a carregar a própria bicicleta.

– A equipe do revezamento 4×100 feminino fez bobagem, e atrapalhou a equipe dos Estados Unidos, que errou o momento da passagem do bastão. Entraram com recurso e tiveram uma segunda chance: elas voltaram a noite e, sozinhas, conseguiram o índice pra final.

MICO

cartaz-do-filme-o-mentiroso-ironiza-ryan-lochte-no-engenhao-1471566324376_v2_900x506

Mico gringo! Polícia brasileira desmascara a farsa dos nadadores americanos. Não houve assalto algum, “apenas” uma depredação a um posto de gasolina. O Comitê Olímpico americano pediu desculpas em nota, “ao Rio e aos brasileiros”.

TENSO

BMX é sinônimo de acidentes. E no Rio 2016 não foi diferente. Três ciclistas se esbarram na largada de uma das provas classificatórias, e um atleta britânico fica desacordado! Ele recebe atendimento no circuito e passa bem.

(DES)ORGANIZAÇÃO

Depois de jacaré e de uma capivara no masculino, duas cobras passearam no campo de golfe durante os primeiros dias do golfe feminino. Ninguém se machucou. Nem as atletas, nem as serpentes.

A IMAGEM DO DIA

622_7bfc6523-fcd5-35e3-afaa-e1d69b0ce45c

A Sérvia eliminou os EUA na semifinal do vôlei feminino, e fará uma improvável final com a China. Após vencer por 3×2, as sérvias custaram a acreditar no feito. Muita emoção no Maracanãzinho!


Faltou alguma coisa? Comenta aí!

Seja mais um Geraldo da Arena! Receba as nossas novidades direto do seu e-mail!