Análise da 1ª fase da Copa do Brasil 2020

Está começando “o campeonato mais democrático” do futebol brasileiro que, mesmo tendo se alongado um pouco, ainda é o atalho mais curto para a Taça Libertadores.

A Copa do Brasil de 2020 reúne 91 equipes vindas de todos os estados do país.

Desses 91, 11 só entrarão nas oitavas-de-final:

As outras 80 equipes disputarão quatro fases até sobrarem 5, que se juntarão aos 11 acima para o restante da competição.

Democrática?

Mesmo tendo essa alcunha de “democrático”, ficou bem mais difícil vermos zebras (ou seja, times com menos visibilidade nacional) vencendo a competição ou eliminando gigantes.

Se serve de alento, a CBF vem caprichado na premiação, sendo superior até a campeonatos mais importantes, como a Libertadores (a CONMEBOL já se mexe para, em 2020, conseguir sanar esse problema).

Para você ter uma ideia, o Athletico Paranaense, vencedor da última edição, faturou R$ 52 milhões apenas com o título.

O Furacão entrou na competição já nas oitavas, mas se tivesse entrado desde a primeira fase, poderia ter arrecadado em premiações um valor que beira os R$ 70 milhões!

Primeira Fase

Nessa primeira fase, o jogo é único, e o time com menor ranking CBF tem o mando de campo. O que tem o maior ranking CBF do confronto tem a vantagem do empate para passar à segunda fase.

O sorteio desses confrontos foi realizado em 12 de dezembro de 2019, na sede da CBF.

O Cruzeiro, clube melhor ranqueado a disputar essa fase, só joga no último dia, e vai fazer uma viagem grande: jogará contra o São Raimundo, de Roraima.

O jogo que abre a competição será entre os paulistas do Novorizontino e os catarinenses do Figueirense, na tarde do dia 5/02.

Segue abaixo a tabela com as partidas dessa primeira rodada. As 40 partidas foram espaçadas em 5 datas, entre 5 e 13 de fevereiro.

Em negrito, confrontos envolvendo equipes que disputarão a Série A em 2020.

Dia 05/02

Jorge Ismael de Biasi 16:30
Novorizontino x Figueirense

Arena Pantanal 19:15
Operário VG x Santa Cruz

19 de Outubro 20:30
São Luiz x América-RN

Barão da Serra Negra 20:30
XV de Piracicaba x Londrina

Gérson Amaral 20:30
Coruripe x Juventude

Nilton Santos (TO) 20:30
Palmas x Paraná

Arena Cajueiro 20:30
Bahia de Feira x Luverdense

Colosso do Tapajós 20:30
Independente-PA x CRB

Carneirão (BA) 20:30
Atlético-BA x Botafogo-PB

Inaldão 20:30
Barbalha x Operário-PR

Zerão 20:30
Santos-AP x América-MG

Albertão 21:30
River-PI x Bahia

Centenário 21:30
Caxias x Botafogo

Portal da Amazônia 21:30
Vilhenense x Boa Esporte

Noroeste 21:30
Aquidauanense x ABC

Arena da Amazônia 22:30
Fast x Goiás

06/02

Bruno José Daniel 16:30
Santo André x Criciúma

Boca do Jacaré 19:15
Brasiliense x Paysandu

Salvador Costa 20:30
Vitória-ES x CSA

Luthero Lopes 21:30
União Rondonópolis x Atlético-GO

11/02

Frei Epifânio 21:30
Imperatriz x Vitória

12/02

Moça Bonita 16:00
Bangu x Oeste

Diogão (PA) 16:00
Bragantino-PA x Ceará

Augusto Bauer 19:15
Brusque x Sport

Albertão 19:15
Altos x Vasco

Titão 20:00
Freipaulistano x Remo

Bezerrão 20:30
Gama x Brasil de Pelotas

Raimundão 20:30
Caucaia x São José-RS

Vianão 20:30
Afogados x Atlético-AC

14 de Dezembro 21:30
Toledo x Náutico

Castelão (MA) 21:30
Moto Club x Fluminense

Amigão 21:30
Campinense x Atlético-MG

Ninho da Águia 21:30
Águia Negra x Sampaio Corrêa

Arena da Amazônia 22:30
Manaus x Coritiba

Arena Acreana 22:30
Galvez x Vila Nova

13/02

Paulo Barreto 15:30
Lagarto x Volta Redonda

Fonte Luminosa 16:30
Ferroviária x Avaí

Estádio do Vale 19:15
Novo Hamburgo x Ponte Preta

21:30
São Raimundo-RR x Cruzeiro

Qui 13/02/2020 Bacaxá 21:30
Boavista x Chapecoense

Antes do início da 2ª rodada, vamos fazer um apanhado do que foi essa rodada, bem como ver se houve alguma zebra?

E aí, seu time vai pegar um adversário levinho ou pedreira nessa fase? Comenta aí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *