Candidatos-esportistas nas Eleições 2022

Acabamos de ir às urnas para votar para diversos cargos executivos e legislativos.

Como entendemos que o esporte é um item chave para o desenvolvimento da sociedade, trazemos aqui um pouco de utilidade pública contando como alguns atletas / dirigentes / envolvidos com esporte se saíram na sua busca por uma vaga no governo de seu estado ou no Congresso Nacional.

Quem voltou

Romário (PL) já atuava no senado, e terá mais 8 anos representando o Rio de Janeiro

Senado

Rio de Janeiro
Romário – 222/PL – reeleito com 2.383.829 votos

Deputado Federal

Rio de Janeiro
Luiz Lima (ex-nadador) – PL – 69.082 votos

Rio Grande do Sul
Danrlei (ex-goleiro do Grêmio)- PSD – 97.824 votos

Deputado Estadual

Bahia
Bobô (ex-jogador) – PCdoB – 61.422 votos

Quem entrou

Depois de ser demitido por declarações homofóbicas, Mauricio Souza foi eleito deputado federal pelo PL.

Deputado Federal

Rio de Janeiro
Eduardo Bandeira de Melo (ex-presidente do Flamengo) – PSB – 72.680 votos

Minas Gerais
Maurício do Vôlei – PL – 83.395 dos votos

Pernambuco
Luciano Bivar (ex-presidente do Sport) – União Brasil – 74.425 votos

Deputado Estadual

Minas Gerais
Alencar da Silveira Júnior (presidente do América-MG) – PDT – 60.283 votos

Rio Grande do Sul
Gaúcho da Geral (torcedor símbolo do Grêmio) – PSD – 32.717 votos

Quem não entrou

De brinqueichion com o eleitor, Joel Santana não conseguiu se eleger deputado federal por RJ.

Governador

Minas Gerais
Alexandre Kalil (ex-dirigente do Atlético-MG) – PSD – 3.804.021 votos

Distrito Federal
Leila do Vôlei – PDT – 79.597 votos

Deputado Federal

Rio de Janeiro
Bebeto Tetra – PSD – 25 mil votos
Marcos Braz – PL – 38.566 votos
Joel Santana – Pros – 2.200 votos

São Paulo
Maurren Magi (ex-saltadora) – Republicanos – 3.385 votos
Tandara (vôlei) – MDB – 7.412 votos
Dinei (ex-atacante) – Avante – 2.532 votos

Minas Gerais
Ceará do Cruzeiro (ex-lateral) – Podemos – 6.566 votos
Sérgio Sette Câmara (ex-presidente Atlético-MG) – Republicanos – 11.090 votos
Sérgio Rodrigues (atual presidente do Cruzeiro) – 18.760 votos

Paraná
Gilson Kleina – Progressistas – 840 votos
Wanderlei Silva – Progressistas – 13.907 votos

Pará
Robgol (ex-atacante) – PSD – 1.184 votos

Deputado Estadual

Rio de Janeiro
Gabigol da Torcida – 14009/PTB (não eleito) – 1.842 votos, mas não foi eleito

Minas Gerais
Guilherme – A Fé do Cruzeiro (torcedor famoso) – Patriotas – 445 votos
João Leite (ex-goleiro do Atlético-MG) – PSDB – 39.835 votos
Márcia Fu (ex-jogadora de vôlei) – União Brasil – 2.218 votos


Nossa opinião sobre a eleição presidencial no 1º turno reflete exatamente com o texto publicado em 2018. Só pra deixar claro.

Vamos acompanhar esses e os outros eleitos para ver se a pauta do esporte é respeitada nessa próxima legislação.

Fonte e Fonte

Que tal? Comenta aí!