Arena Análise

Copa do Nordeste – Fase de Grupos (Grupo C)

Seguindo com a Analise dos Grupos da Lampions League (também conhecida como Copa do Nordeste), dessa vez vendo os astros do Grupo C – o grupo em que o atual campeão está!

Lembrando que já fizemos análises do Grupo A e do B.

Sem mais, vamos a análise!

Grupo C

O atual campeão pegou um grupo que seria mais ~fatal~ anos atrás, mas tem times com camisa pesada – e um Altos com uma grande experiência no banco.

Bahia-BA


Melhor campanha: Campeão – 3 vezes (2001, 2002 e 2017)
Última Participação: Campeão (2017)
RAC 2018: 9º lugar

O atual campeão do Nordeste vem numa crescente. Depois do título regional, escapou da Série B e QUASE beliscou uma vaga na Libertadores.

No mercado da bola, algumas importantes baixas no elenco: Rômulo, Juninho, Juninho Capixaba… No entanto, o retorno do Guto Ferreira, o Gordiola, pode dar esperança ao time baiano para manter o bom momento.

O Tricolor teve muitos reforços para a temporada também: Léo Pelé, João Pedro, Nilton, Régis e Mena são destaques.

Após aventura no Inter, e pegando o bom trabalho de Carpegianni, que foi para o Flamengo, Guto Ferreira quer repetir o bom desempenho no 1º semestre do ano passado:

Têm saídas importantes, mas tem a manutenção de mais de 60% talvez da equipe titular. Dois zagueiros, que devem seguir, a tendência de renovar o Edson, se colocar Edigar, Zé e Régis, dariam seis que comigo foram titulares. Então não parte do zero, parte de uma espinha dorsal importante e vai agregar valores ao lado dela para começar a ter resultados que você necessita

O otimisto em Salvador está lá no alto. As chances de termos um repeteco no campeão são grandes, mas… Vamos conter a euforia!

Prognóstico AG: Chega nas semifinais

Botafogo-PB


Melhor campanha: 4ª lugar (1998)
Última Participação: 17º (2017)
RAC 2018: 44º lugar

Um ano de 2017 de altos e baixos: campeão paraibano, o Belo quase foi rebaixado para a Série D. Tentando subir novamente, o Botafogo-PB já entrou em campo pelo estadual, e esse conflito de datas nunca ajuda.

O time da capital comandado por Leston Junior tenta um sucesso melhor fora do estado da Paraíba. E o treinador tenta montar o melhor esquema com os novos reforços e a base que ficou do ano passado:

Dificilmente você vai me ver tocar no assunto de posição, se são três atacantes, se são dois meias, quatro volantes… A gente tem um time e procuramos equilibrar as características. [..]. A partir daí, vão vir as variações para que a gente possa utilizar nosso elenco da melhor maneira possível.Não podemos criar um time engessado, temos características distintas no elenco e cada jogo pede uma determinada característica

O Belo busca reação frente a um fim de ano de sustos. O elenco já está em atividade, mas não teve o tempo esperado de pré-temporada em comparação ao seus rivais.

Prognóstico AG: Briga para entrar nas quartas-de-final

Altos-PI


Melhor campanha: 14ª lugar (2017)
Última Participação: 14º (2017)
RAC 2018: 56º lugar

O treinador é um velho conhecido da hu3sfera brasileira: Waldemar Lemos – sim, o Sr. Waldemar!

Apesar do bom humor do treinador em reportagens durante a pré-temporada, o clima não parece ser tão bom assim nos bastidores. O time do Piauí parece que já conseguiu arrumar problemas antes de iniciar a temporada. Após reforçar a equipe no fim do ano passado, fez dois amistosos sendo derrotado em ambos.
Parece que para o Altos, amistosos de pré-temporada são especialmente importantes, pois após a última derrota já teve jogador limado.

Apesar desses percalços, o treinador é otimista e – mesmo com toda experiência – ansioso pelo início da Lampions:

É sempre alguma coisa muito gostosa que acontece com a gente quando vai se aproximando (do torneio), depois de todo o início de preparação que a gente teve

Mesmo com um treinador do naipe do Sr. Waldemar, o Altos entra no torneio para curtir e nada mais. Deve focar no estadual.

Prognóstico AG: Cumpre tabela

Náutico-PE


Melhor campanha: 3ª lugar (2001)
Última Participação: 9º (2017)
RAC 2018: 69º lugar

O Timbu não tem uma temporada boa pra recordar em 2017. Além de ficar longe do título estadual (o que só colocou o Náutico na pré-Lampions por conta da desistência do Sport) foi rebaixado para a Série C, e parecia rebaixado bem antes do final da Série B.
Se serve de consolação, conquistou uma suada vaga na Lampions após derrotar nas penalidades, o Iatabaiana de Sergipe.

Para a Lampions e para o estadual – que o TImbu tmbém não ganha há tempos – nada mais que 18 reforços chegaram – o time base titular totalmente renovado.

Ainda convivendo com jogadores lesionados e poucas opções em alguns setores, o treinador Roberto Fernandes tenta achar a formação ideal:

A expectativa é muito boa. São jogadores que têm bastante consciência da temporada do Náutico, mas que também enxergam uma grande oportunidade. O sentimento e a impressão que eu tive do momento da apresentação e o primeiro contato com os atletas foram muito boas.

O Timbu tenta renovação – assim como seu adversário local, o Santa Cruz. No entanto, parece que o Timbu meio que larga atrás. Obviamente isso pode mudar ao longo do ano.

Prognóstico AG: Briga para entrar nas quartas-de-final

Amanhã faremos um apanhado do Grupo D da Lampions! Comente o que achou da análise e até amanhã!

Seja mais um Geraldo da Arena! Receba as nossas novidades direto do seu e-mail!