EUA fora das Olimpíadas? A treta do governo com a WADA

Os EUA são, de longe, a nação mais vitoriosa dos Jogos Olímpicos.

Apesar de, teoricamente, não haver uma disputa entre países durante os Jogos, convencionou-se o quadro de medalhas que conhecemos como um “ranking”.

E, nesse ranking, os EUA ganham de lavada, sempre arrastando medalhas a cada edição.

No entanto, para os próximos Jogos Olímpicos de Tóquio (adiados deste ano para 2021 em virtude da pandemia de COVID-19), a delegação americana pode ficar de fora.

O governo norte-americano ameaça interromper repasse financeiro a WADA (Agência Anti-Doping Internacional).

E isso poderia ser catastrófico para os atletas dos EUA, segundo o presidente da WADA, Witold Bańka:

“As consequências de uma retirada do financiamento da WADA pelos EUA podem ser mais graves para os atletas americanos. Temos sido abordados por vários governos do mundo que ficaram chocados com as ameaças do governo dos EUA, que é apoiado pela Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA). Inevitavelmente, isso pode ter sérias repercussões para os atletas daquele país, incluindo sua participação em grandes eventos esportivos internacionais”

Segundo o WADA, todos os atletas inscritos para os Jogos Olímpicos devem estar de acordo com as regras anti-dopping.

Devemos lembrar que a Rússia deixou de participar oficialmente como país (apesar dos atletas poderem disputar os Jogos sob bandeira olímpica) nos Jogos de 2016 por conta de suspeita de influência governamental na agência anti dopping russa.

OS EUA rebatem

O USADA rebateu a declaração do WADA:

Ameaçar os atletas de um país por causa do disso é decepcionante. A WADA está ameaçada, mas ameaçar os atletas americana é vergonhoso. Eles deveriam gastar o tempo tentando consertar e fazer a WADA o que o que todos querem, que é um órgão forte e independente. Tem algo de errado quando o órgão regulador global ataca um de seus maiores parceiros e ainda eles se fazem de cegos para países como a Rússia que tem um sistema governamental de doping. A hipocrisia aqui é incrível.

Os americanos ficaram fora dos Jogos Olímpicos de 1980 em Moscou por conta de boicote em virtude de conflitos da Guerra Fria. O boicote foi “retribuido” pela ex-URSS e aliados em 1984, em Los Angeles.

No entanto, nunca os EUA foram impedidos de participar dos Jogos.

Fonte

Será que isso vai acontecer? O que será do quadro geral de medalhas em Tóquio se isso se concretizar? Comenta aí!

Deixe uma resposta