Arena Análise

Ranking Arena Geral de Clubes 2018

Pelo terceiro ano seguido, a Arena Geral analisa os melhores campeonatos brasileiros e classifica os times brazucas. Esse é o Ranking Arena Geral de Clubes 2018!

Durante os últimos dias, divulgamos o TOP 40 do nosso Ranking nas nossas redes sociais – Twitter e Facebook. Chegou a hora de conhecer o TOP 10!

Aqui, diferentemente dos outros rankings, quem levanta a taça pontua mais. Os campeões no nosso RAC sempre serão valorizados, mas quem chega parto disso também é – claro, com uma pontuação proporcionalmente menor frente ao campeão.

Sem mais, vamos ao nossos 10 melhores clubes ranqueados!

10º

SANTA CRUZ

OPA, PERAÍ? VOCÊ QUER QUE EU ACEITE UM RANKING DE CLUBES COM UM TIME DE SÉRIE C NO TOP 10?
Calma, cocada… O Santinha é um ótimo exemplo de como o RAC funciona. Nos últimos anos, o Santa ou foi campeão ou ficou muito perto disso: ora no estadual, ora na Copa do Nordeste, ora no Brasileirão (Série D, Série C, Série B)…

OK, em 2017 o Coral só conseguiu um 3º lugar na Copa do Nordeste e no estadual, mas como rebaixamento não tira pontos, o Tricolor Coral só caiu 3 posições em relação a 2017.

Se ele não voltar a Série B em 2019, aí sim a coisa pode ficar bem feia…

BAHIA

O ano do Bahia foi de muita e apimentada emoção. Campeão da Copa do Nordeste – numa final que não devia em nada a uma Champions League – amargou perder para o rival no campeonato estadual, é verdade, mas cresceu de uma forma impressionante na reta final do Brasileirão, quase beliscando uma Libertadores.

A subida de 4 posições em relação a 2017 não chegou a ser uma subida no Pelô, mas não foi menos festejada pelo torcedor do Bahia, o melhor nordestino no RAC 2018. BORABAHEAMINHAP

INTERNACIONAL

Um ano pra se esquecer do Colorado. Perambulando na Série B, não fez um passeio tranquilo, e o vice-campeonato da segundona foi lucro.

Depois de 6 anos em sequência sendo campeão gaúcho (o que colocou o Inter bem alto aqui no nosso RAC), deixou o Novo Hamburgo pegar um lugar ao sol. E como aqui quem não levanta taça não se dá bem, o Inter caiu 2 posições em relação a 2017.

Se já não bastasse tanto sofrimento, viu o Grêmio se dar bem – pelo menos fora do país, pois aqui no Brasil…

GRÊMIO

Campeão da Libertadores, vice-campeão mundial, vamos acabar com o Planeta, estátua do Renato Gaúcho, Jael… Pode esquecer tudo isso, pois no RAC só consideramos campeonatos nacionais. E nacionalmente o Grêmio não foi assim tão bem.

Ficou surpreendentemente longe do título gaúcho, e até tentou estragar a festa do Corinthians no Brasileirão, mas o foco era a Libertadores, o que foi uma excelente opção, como veremos adiante nesse ranking.
Um 3º lugar na Copa do Brasil ainda lhe deu alguns pontinhos, mas nada que impedisse a queda de 2 posições em relação ao RAC 2017.

Ah, e antes de ir para o próximo: Renato Gaúcho é melhor que CR7 sim – pelo menos o busto, né?

SANTOS

O Santos era acostumado a ser campeão (ou chegar bem perto disso) nos últimos anos. Em 2017, no entanto, demorou um ano inteiro pra embalar nacionalmente (não vou falar da Libertadores, pois, denovo, não é um torneio considerado aqui no RAC). Ficou longe do topo no Paulistão, e saiu rapidinho da Copa do Brasil.

No Brasileirão, ficou em 3º lugar, flertando com o título, mas bem de longe. Dorival Junior, Levir Culpi e – pasmem – Elano não deram uma cara ao time, que nunca parecia engrenar.

Caiu 3 posições no nosso RAC. Será que 2018 será diferente pro Peixe?

FLAMENGO

O Flamengo teve um ano agitado. Com contratações grandes e caras, o Mengão não chegou a decepcionar em pontuação no nosso RAC (afinal, ele foi campeão carioca e vice-campeão da Copa do Brasil). Só que aquela história do cheirinho em 2016 atiçou os rubronegros que o clube poderia ter glórias maiores no ano.

Tirando a parte internacional – que não entra no nosso Ranking – ficou longe do sonhado título do Brasileirão (além de não pegar semifinais na Primeira Liga). Zé Ricardo e Reinaldo Rueda bem que tentaram, mas o Flamengo não deu pro cheiro em 2017 (desculpa, galera)

Ainda assim, por brigar por títulos ano passado, o Mengão entrou no TOP 5 do RAC 2018, subindo 4 posições em relação a 2017.

ATLÉTICO-MG

O Galo bem que tentou se manter na ponta do nosso RAC, e até fez o possível em pontuação, sendo campeão mineiro e vice-campeão da Primeira Liga. Só que o time oscilou muito durante o ano, e não teve chegada no final da temporada, com Copa do Brasil e Brasileirão.Acabou ficando longe de pontuação nas duas competições. Primeiro Roger Machado, depois Rogério Micale e, por fim, Oswaldo de Oliveira. O time não deu liga no 2º semestre, ficou longe da ponta no Brasileirão e caiu 4 posições em relação ao RAC 2017.

PALMEIRAS

O Verdão era outro time que prometia muito para 2017, com investimentos pesados e um elenco estrelado, mas na hora H, na hora de definir… Acabou não fazendo jus às expectativas.

Primeiro com Eduardo Baptista, conquistou um amargo 3º lugar no Paulistão. Com o retorno de Cuca, entre outros micos, está a eliminação na Copa do Brasil. E Alberto Valentim ainda tentou, mas não conseguiu tirar o caneco do Corinthians.

Como time do quase, quase mantém o 2º lugar no RAC, mas não deu, fica com a medalha de bronze!

CRUZEIRO

2017 começou muito positivo para o Cruzeiro: passou meses invicto e com um bom futebol. A perda do Campeonato Mineiro e a eliminação precoce na Sulamericana (que, lembrando, não dá pontos no nosso Ranking) causou um baixo-astral pelos lados da Toca da Raposa.

No entanto, o 2º semestre mostrou que o início do ano não foi fogo de palha de Mano Menezes e seus comandados: a conquista da Copa do Brasil e a ameaça (mesmo que distante) aos líderes do Brasileirão colocaram o Cruzeiro não só como um dos bons times para se acompanhar nesse ano, mas como o 2º lugar no RAC 2018, subindo 2 posições em relação a relação anterior!

CORINTHIANS

Chamado de 4ª força do futebol paulista no início do ano, é bem verdade que ficou pelo caminho muito cedo na Copa do Brasil. No entanto, os comandados do treinador-revelação de 2017 Fábio Carille não só superaram esse apelido de 4ª força como venceram o Paulistão E o Brasileirão.

Um detalhe importante: o Corinthians venceu esse Campeonato Brasileiro já no primeiro turno, tamanha a vangtagem (a maior de um clube ao final de um turno). No segundo turno, assustou, mas conseguiu administrar essa vantagem.

Com isso, o time do arilheiro Jô, de Cássio, Rodriguinho, Fágner e companhia saltou 8 posições em relação ao RAC de 2017 e assumiu a liderança do nosso Ranking!

Temos mais de 200 times ranqueados no RAC! Será que o seu time do coração está bem na fita?
No nosso ranking completo, também temos os critérios para a pontuação dos clubes!

Compartilhe com os amigos e ajude o RAC a alcançar mais geraldos!

Seja mais um Geraldo da Arena! Receba as nossas novidades direto do seu e-mail!