TOP 10 do Ranking Arena de Clubes Feminino 2019

Depois de publicarmos mais uma edição do nosso Ranking Arena Geral de Clubes, decidimos inovar.

Na verdade INOVAR não seria a palavra mais aplicável aqui, mas sim fazer justiça.

O futebol feminino vem buscando seu lugar ao sol há muito tempo. Sempre enfrentando preconceitos, vem tendo conquistas memoráveis em detrimento do apoio recebido.

Seis vezes melhor do mundo. A Rainha do futebol. E pouca ou nenhuma consideração da própria CBF ao futebol feminino. Será que isso está mudando?

Este ano de 2019, além da Copa do Mundo feminina, temos uma alavancada do futebol feminino graças a CBF e a CONMEBOL. Apesar de forçado (afinal, se um clube que participa da Libertadores e do Brasileirão não tiver uma equipe feminina, não pode disputar o torneio masculino respectivo), é uma conquista.

E refletindo essa conquista, nada mais justo que ranquear os clubes femininos nacionais assim como já fazemos há 5 anos com os masculinos.

Sejam bem-vindos ao RACf – o Ranking Arena Geral de Clubes Femininos!

Na página especial teremos uma explicação melhor (e a relação completa dos clubes), mas já adiantamos: a pontuação é exatamente a mesma do RAC.

Apesar de termos apenas o Brasileirão A1 e A2 (este último iniciado após o fim da Copa do Brasil) e da pouca informação dos campeonatos estaduais (não conseguimos pegar, inicialmente, os campeões estaduais de RR e TO, além de alguns estaduais terem dados incompletos dos 4 vencedores por ano), sendo que alguns tem anos que nem foram disputados, Conseguimos montar o Ranking feminino de clubes do Brasil!

Neste post teremos a relação dos 10 primeiros clubes femininos do nosso Ranking. Vamos conferir?

1º Rio Preto-SP

O líder do nosso Ranking não está jogando a temporada 2019.

Após se sagrar vice-campeão brasileiro ano passado, dois dos grandes problemas do futebol feminino aconteceram praticamente ao mesmo tempo: fim de patrocínio e não igualdade salarial com os jogadores masculinos.

O time masculino disputa a Série A3 do campeonato paulista – a 3ª divisão local. O clube alegou que não poderia equiparar os salários.

É. Difícil.

Só que aqui listamos as conquistas, e o time permanece no Ranking no topo pelo seu passado glorioso no futebol feminino.

Em 2018
Vice-campeão brasileiro da Série A
3º lugar no Campeonato Paulista

2º Flamengo-RJ

O Mengão é o 2º lugar do nosso RACf!

O projeto de futebol feminino do Flamengo foi descontinuado em 20011 e foi reativado durante a gestão passada, em 2015, em parceria com a Marinha do Brasil.

Neste ano, foi campeão carioca e chegou em 3º lugar no Campeonato Brasileiro.

Em 2018

Campeão carioca
3º lugar no Campeonato Brasileiro da Série A

3º Corinthians-SP

O Corinthians, até 2018, tinha uma parceria com o Grêmio Osasco Audax, e essa parceria lhe rendeu um título de Libertadores.

Após o fim da parceria, o Timão começou um projeto próprio, que já mostrou a que veio: vice-campeão paulista e campeão brasileiro no ano passado.

Em 2018
Campeão Brasileiro da Série A
Vice-campeão paulista

4º Santos-SP

O Santos já é um tradicional clube feminino no Brasil, que já recebeu a Rainha Marta em algumas oportunidades.

Para 2018, um título paulista adicionou troféu a sua laureada galeria.

Os títulos em anos anteriores mantiveram o time no topo do RACf.

Em 2018
Campeão Paulista

5º Minas Brasília-DF

Time que conquistou tudo no Distrito Federal nos últimos anos, o Minas conseguiu conquistar ano passado a Série A2 do Brasileirão, ocupando posição de destaque no Ranking.

Em 2018
Campeão Brasileiro da Série A2
Campeão Brasiliense

6º Kindermann-SC

Clube tradicional em Santa Catarina, o Kindermann domina totalmente o futebol catarinense e já despontou em anos anteriores no futebol feminino, sendo campeãs ou chegando bem perto disso.

Em 2018, manteve seu domínio estadual, e agora quer dar trabalho aos novos times femininos na elite.

Em 2018
Campeão catarinense

7º Vitória-BA

O clube baiano planejou seu futebol feminino e agora colhe seus frutos. Está na A1 do Brasileirão após sagrar-se vice-campeão brasileiro da Série A2.
Além disso, venceu o campeonato baiano, ficando cada vez mais alto no RACf.

Em 2018
Campeão Baiano
Vice-campeão Brasileiro da Série A2

8º Ferroviária-SP

Mais um clube tradicional no futebol feminino, a Ferroviária vem trabalhando seu esporte do clube como um todo.
O futebol feminino foi um dos que se destacou rapidamente, com conquistas nacionais.
No ano passado, chegou perto do Brasileirão Série A do futebol feminino, o que deu alguns pontos a mais do que o próximo da lista…

4º lugar do Campeonato Brasileiro Série A1

9º São José-SP

A grande surpresa – pelo menos pra gente – foi ver o São José, tradicional clube feminino e o atual líder do Ranking da CBF, estar tão baixo no RACf.

O grande motivo é exatamente o grande trunfo do nosso ranking: quem luta por títulos ganha mais pontos, e o time de São José (mesmo com uma grande bagagem) não vence e nem chega perto de títulos há algum tempo.

10º Pinheirense-PA

Fechando o TOP 10 temos a equipe paraense, campeão da A2 em 2017 e vice-campeão paraense no ano passado. O norte do país é um dos grandes celeiros do futebol feminino.
Só que, como aqui os títulos importam mais, o time paraense ficou no TOP 10, deixando o Iranduba, grande clube amazonense, logo atrás.

Em 2018
Vice-campeão paraense

Melhor ranqueado sem títulos: Duque de Caxias (19º)
Flamengo, Kindermann, Iranduba e União Desportiva com mais títulos (5)

O ranking completo pode sofrer alterações a medida que consigamos completar as lacunas de posição dos estaduais.

Porém dificilmente essa relação acima mude.

E aí, gostou? Tem alguma sugestão para ambos os RAC? Comenta aí!

Um comentário para “TOP 10 do Ranking Arena de Clubes Feminino 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *