A Nova Copa Davis

A “Copa do Mundo” de tênis é um dos torneios mais tradicionais do mundo. Desde 1900 países mandam suas seleções para torneios de tênis.

Para continuar sua tradição e influência no esporte, a Copa Davis vai se modificar em 2019. E o Brasil pode se dar bem nessa.

Nossa Seleção anda mandando muito mal nas últimas edições. Nesse ano, inclusive, ficou de fora na 2ª rodada do Zonal das Américas.

esporte brasil copa davis

Graças a nova configuração da Davis, o Brasil pode ter mais uma chance de voltar aos bons momentos no tênis.

No dia 17 a ITF divulgou o novo ranking da Davis e oficializou os 24 países que disputarão o qualificatório em fevereiro de 2019:

São cabeças-de-chave os 4 países eliminados nas quartas-de-final deste ano (Bélgica, Alemanha, Itália e Cazaquistão) e os 8 países classificados dos playoffs (Argentina, Áustria, Canadá, Grã-Bretanha, Japão, República Tcheca, Sérvia e Suécia).

Esses cabeças-de-chave enfrentarão 12 seleções melhores ranqueadas restantes (Brasil, Austrália, Chile, Colômbia, Holanda, Hungria, Índia, Rússia, Suíça, Uzbequistão e mais dois países que sairão do Playoff África/Europa).

Faz três anos que o Brasil não joga uma partida de Davis em seus domínios. As chances de isso acontecer são grandes (só mandaria partidas longe do país se, no sorteio de amanhã, cair para enfrentar Canadá ou Suécia).

ten thomazbellucci reu
Faz tempo que não temos alegrias na Davis…

“Estamos diante de um momento importante na Copa Davis, com a mudança do formato de disputa do Grupo Mundial. O Brasil está confirmado para o Qualyfing (Playoff), e com mais de 70% de chances de jogar em casa. Vamos aguardar o sorteio do dia 26, e torcer para recebermos o próximo confronto, após quase três anos sem jogar no Brasil”, afirmou o presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Rafael Westrupp.

Fonte

E aí, será que voltamos a ser a pátria das raquetes (se é que já fomos isso)? Comenta aí!