Os maiores campeões estaduais do Brasil

Nesse fim de semana a maioria dos campeonatos estaduais deram inicio – alguns já estão rolando desde o início do ano, ou até ano passado, com fases preliminares.

A rivalidade local resiste ao calendário inchado e campeonatos desinteressantes. O fato é que, antes de competições como Libertadores, Copa do Brasil e até o Brasileiro ganharem corpo, eram os campeonatos estaduais que agitavam a torcida.

Muitos clubes guardam memória afetiva de um título estadual com mais “amor” que uma competição nacional ou internacional.

Neste ranking separamos os maiores campeões estaduais do Brasil. NA VERDADE aqui são os maiores campeões de cada estado. Por isso não veremos aqui o Remo e o Fortaleza, que tem números para figurar aqui, mas não lideram seus estados. Fica então a menção honrosa.

Alguns dos clubes abaixo apresentam um número alto, além da freguesia local, ao fato de ser mais antigo – como é o caso das Federações do Pará e Rio Grande do Norte.

Esses são dados até 2018. Os números vão aumentar nesse ano, mas… Será que esses novos títulos vão mexer na tabela abaixo?

ABC-RN
55 títulos (último em 2018)

Rio Branco-AC
47 títulos (último em 2018)

Bahia-BA
47 títulos (último em 2018)

Paysandu-PA
47 títulos (último em 2017)

Ceará-CE
45 títulos (último em 2018)

Internacional-RS
45 títulos (último em 2016)

Atlético-MG
44 títulos (último em 2017)


Nacional-AM
43 títulos (último em 2015)


Sport-PE
41 títulos (último em 2017)


CSA-AL
38 títulos (último em 2018)


Coritiba-PR
38 títulos (último em 2017)

Aqui temos a lista dos melhores restantes de cada estado (Equipe, quantidade de títulos e último título):

  • Rio Branco-ES – 37 – 2015
  • Flamengo-RJ – 34 – 2017
  • Sergipe-SE – 34 – 2016
  • Sampaio Corrêa-MA – 33 – 2017
  • River-PI – 30 – 2016
  • Botafogo-PB – 29 – 2018
  • Corinthians-SP – 29 – 2018
  • Goiás-GO – 28 – 2018
  • Mixto-MT – 24 – 2008
  • Baré-RR – 22 – 2010
  • Figueirense-SC – 18 – 2018
  • Macapá-AP – 17 – 1991
  • Ferroviário (Extinto)-RO – 17 – 1989
  • Operário-MT – 11 – 2018
  • Gama-DF – 11 – 2015
  • Gurupi-TO – 6 – 2016

Fonte

Será que vai ter alguma mudança nesses estaduais de 2019? Comenta aí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *