A FIFA resolve mudar o seu hino oficial. Qual foi o motivo?

Não sei se você já percebeu, mas a FIFA desde 1994 tem um hino, uma música que a representa.

Esse hino, tocado no início dos jogos de torneios e competições organizadas pela FIFA, foi composto por Franz Lambert, e recentemente re-arranjado e produzido por Rob May e Hill Simon.

Só em texto fica complicado de perceber, mas com certeza você já ouviu essa música:

Até a Copa do Mundo de 2014, era possível ouvir esse hino antes das partidas. Só que depois do Mundial do Brasil, esse hino foi trocado.

Na Copa seguinte vimos qual foi a sua substituta: Seven Nation Army, do White Stripes. Música essa que já empolgava torcedores pela Europa antes das partidas de futebol. Foi usada no lugar do hino na entrada dos jogadores em campo.

A FIFA, no entanto, apresentou em 2018 mesmo um novo hino para a entidade – e você também deve ter ouvido essa música em vinhetas de TV (como no Mundial de Clubes ou no Mundial Sub-17 do ano passado).

A nova música chama-se Living Football, e foi composto por Hans Zimmer, famoso compositor de trilhas sonoras de filmes. Ela foi lançada em 2018 mesmo, e foi usada na Copa para o início das transmissões de TV e no intervalo das partidas.

Segundo a entidade, a mudança foi para “atualizar a identidade da FIFA”.

As confederações locais, no entanto, ainda usavam o hino anterior como vinheta para entrada dos times em Eliminatórias e Datas-FIFA.

Em ofício enviado esse mês as confederações, a FIFA oficializa que Living Football se tornou seu “hino oficial”, e as orienta a usar a música a partir de agora.

Muita gente não gostou da mudança na época, e com certeza não vai curtir essa oficialização. E você, curte o novo hino ou prefere o antigo? Comenta aí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *