As camisas de futebol mais bonitas da década

O site Classic Football Shirts divulgou, no início do ano, uma relação de camisas mais bonitas da década.

Fiscais de década à parte, a escolha levou em conta as camisas produzidas entre as temporadas 2010/2011 e 2019/2020.

Dentre as camisas reveladas pelo site, duas brasileiras se destacaram.

A camisa principal do Vasco na temporada 2015/2016, feita pela Umbro para comemorar os 450 anos do Rio de Janeiro, ficou em 14º lugar.

Já a terceira camisa do Corinthians de 2018/2019, que fazia memória ao ídolo brasileiro Ayrton Senna pegou o 8º lugar nessa disputa.

Confira o TOP 5 da pesquisa:

Real Madrid – 2014/2015 – Terceiro Uniforme

Camisa foi desenhada por Yohji Yamamoto, designer japonês da Adidas, que exibe um dragão na parte da frente da camisa.

Sim, aparentemente os kits do Real nessa temporada foram excêntricos, pois o segundo uniforme foi rosa, entrando para a galeria dos uniformes rosas no futebol.

Seleção Italiana – 2019/2020 – Terceiro Uniforme

A mais recente da lista, o terceiro uniforme italiano relembra o mesmo usado em 1954 em amistoso contra a Argentina, representando o “renascimento” da Azurra (mesmo que verde), já que ficou de fora da última Copa do Mundo e, desde então, vem tendo um bom desempenho, com uma boa renovação (12 “titulares” tem menos de 25 anos).

Além da renovação da seleção, rememora o movimento renascentista, com os maiores expoentes dele sendo italianos.

Apesar de muito elogiada mundo à fora, os próprios italianos não gostaram.

Inter de Milão – 2010/2011 – Segundo Uniforme

O uniforme da Inter é (particularmente) muito bonito. O seu segundo uniforme na temporada 2010/2011, além de bonito, tem uma carga história: traz na imagem um biscione – símbolo da Inter e da própria cidade de Milão.

O biscione é uma figura heráldica que representa uma serpente dando à luz um ser humano…

Seleção Francesa – 2010/2011 – Segundo Uniforme

A Nike chegou na Seleção da França já metendo o pé na porta. Após a Copa do Mundo, o novo kit se destacou – em especial o seu segundo uniforme.

Ela lembra uma camisa de marinheiro, a clássica vestimenta dos marinheiros franceses, que acabou se tornando padrão no mundo à fora. Um verdadeiro símbolo da cultura da França.

Seleção Nigeriana – 2018/2019 – Primeiro Uniforme

A camisa mais linda da década foi um achado da Nike: a Seleção da Nigéria foi para a Copa da Rússia com uma linda camisa verde.

Muito ousada, vem mesclando um verde claro no “corpo” e um preto nas mangas, sempre intercalados por “setas”. Realmente foi um sucesso de vendas, e QUASE fica na memória dos argentinos

Fonte: ClassifFootballShirts

E aí, concorda com a publicação? Que camisas brasileiras mereciam estar na lista? Comenta aí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *