Corrida Sprint: a novidade da Fórmula 1 em 2021

Desde que a Liberty Media assumiu o controle da tradicional Fórmula 1, ele vem tentando trazer a audiência perdida durante os anos de volta.

Na temporada de 2021, ainda envolta na pandemia de COVID19, uma mudança bem polêmica vai ser testada.

No GP da Inglaterra, que acontece nesse fim de semana, a categoria vai estrear um esquema diferente na programação do fim de semana.

Na sexta-feira, em vez das duas seções de treinos livres convencionais, haverá apenas uma.

No lugar da segunda, teremos o “treino classificatório” que conhecemos, com 3 partes – Q3, Q2 e Q1, mas servindo para a corrida sprint do sábado.

No sábado ocorre a corrida sprint. Com o grid de largada definido na sexta, essa corrida é mais curta.

A distância final é de 100km, ou seja, 17 voltas no autódromo de Silverstone.

Os pilotos podem escolher que jogo de pneus vão usar, e podem fazer trocas livremente.

O resultado da corrida sprint será usado para o grid de largada da corrida do domingo.

Haverá uma pontuação para os 3 primeiros (3 ao campeão, 2 ao 2º e 1 ao 3º).

Não teremos pódio nessa corrida, mas o vencedor vai ganhar um troféu.

No domingo, acontece o GP da Grã Bretanha, com a corrida normal, como todos conhecemos.

Esse formato será testado nesse ano em 3 circuitos. Além de Silverstone, o circuito de Monza, em setembro, e em um circuito fora da Europa, provavelmente no Brasil.

Stefano Domenicali, chefão da F1 na Liberty Media, explica a motivação deste novo formato de fim de semana:

“A gente gostaria de ter um fim de semana muito mais intenso, com uma hora de treino livre na sexta-feira, classificação para a corrida sprint, com essa definindo o grid da corrida de verdade no domingo. Tudo para ter mais intensidade e gerar mais interesse.”

Essa será a provável lista de provas que terão a corrida sprint na F1 em 2020.

Nem todo mundo concorda. Hamilton teme que, por causa de ser uma corrida curta e valer para a corrida “de verdade” no domingo, o sprint pode virar uma fila por todas as 17 voltas.

Vai ser uma novidade para todo mundo. Se vai dar certo, só acompanhando para saber.

Fonte

No post do UOL Esporte, mais explicações de como vai funcionar o fim de semana em Silverstone.

E aí, ansioso pela corrida sprint? Comenta aí!

Deixe um comentário