Os 10 jogos mais vendidos da história

A indústria de games move milhares de dólares todos os anos, tanto na produção quanto na venda.

As grandes produtoras disputam as vendas de novos títulos (e de antigos), mas o game mais vendido da história foi distribuído por uma empresa “indie” (não dá pra chamá-la assim hoje, mas no início foi).

Abaixo, uma lista dos 10 jogos com mais cópias vendidas da história.

Obviamente vários jogos vem vendendo muito nos últimos anos, mas ainda não atingiram esses 10.

Em cada item, alguns vídeos de gameplay, vários com youtubers brasileiros.

Confira:

10º Counter Strike: Global Offensive

Counter Strike é um daqueles jogos que ultrapassa gerações. Desde a galera dos corujões dos anos 2000, aos pro-players da atualidade.

A sua versão Global Offensive – mais conhecida como CS:GO – , foi a forma da Valve Corporation de ampliar a base de jogadores do jogo de tiro em primeira pessoa em que terroristas e contra-terroristas se enfrentam.

O que inicialmente seria apenas um port do jogo Counter-Strike: Source para o Xbox 360 virou uma versão completa e com um estrondoso sucesso.

Principalmente por ter consolidado o modo competitivo, num mercado cada vez mais disputado como é o da atualidade – dos jogos dessa lista que possuem campeonatos, os de CS são os mais famosos e disputados.

Isso tudo com um jogo lançado há 8 anos (foi o jogo mais vendido pelo Steam no Brasil, no ano de 2015), sendo constantemente atualizado para otimizar o seu modo competitivo.

Um detalhe: CS:GO é o jogo com mais cópias NO PC. Essa marca (anteriormente do nosso primeiro lugar) foi superada em 2016.

Número de Cópias Vendidas: 40 milhões

9º Overwatch

O que aconteceria se CS e LoL se fundissem em um jogo? Logicamente Overwatch não é simploriamente uma junção de ideias dessas duas franquias mas, como é chamada pela própria Blizzard, desevolvedora e publicadora do jogo, Overwatch é um “hero shooter“.

Jogo multiplayer de tiro em primeira pessoa, foi lançado em 2016 para diversas plataformas.

Os jogadores se dividem em dois times de seis “heróis” cada. Atualmente existem mais de 30 heróis disponíveis no jogo, divididos em três papéis gerais adequados ao seu objetivo (Tanque, Dano ou Suporte).

Existem diversos modos de partidas – desde o bom e velho “protejam a base” até acompanhar uma carga útil pelo mapa num período limitado de tempo.

O destaque são as recompensas, que dão skins novas e as famosas poses de vitória aos heróis, que possuem um elenco diversificado de gêneros e etnias.

Mesmo tendo viés competitivo, é gasto um tempo significativo balanceamento dos heróis, para garantir a diversão casual de quem não compete, e para os “pro-players”, uma dose a mais de desafio.

Desde o seu pré-lançamento, Overwatch é aclamado pela público e pela crítica, sendo o game com mais cópias da Blizzard, já famosa por outros grandes sucessos do mundo dos games.

Número de Cópias Vendidas: 40 milhões

8º Wii Fit (e Wii Fit Plus)

Se exercitar jogando videogame era algo totalmente impensável até o advento do Wii – mais precisamente, de um acessório do console, o Wii Balance.

Aliado ao controle de sensor de movimentos, a Nintendo almejava mudar totalmente a forma com que os jogadores interagiam com jogos. Para isso, lançou o Wii Fit e, depois, o Wii Fit Plus.

Com o objetivo de fazer a família jogar e se exercitar junta, foi um sucesso entre os jogadores casuais, alavancando as vendas do Wii.

O Wii Balance, aliado ao game, pode calcular o índice de massa corporal (IMC) do jogador, além de precisar, pela habilidade atlética do jogador, sua idade aproximada, através do Wii Fit Age.

O jogo apresenta cerca de 50 atividades diferentes, divididas em 4 categorias: Yoga, exercícios de equilíbrio, aeróbica e exercício físico como flexões.

À medida que os exercícios são cumpridos (de forma parcial ou “100%”), outros exercícios mais exigentes – ou novas posições – são desbloqueados.

Algumas universidades pelo mundo chegaram a usar o Wii Fit como instrumento aliado ao tratamento fisioterápico.

Número de Cópias Vendidas: 44 milhões

7º Pokémon Red / Green / Blue / Yellow

Uma das franquias de maior sucesso da história dos games, Pokémon começou sua história com Pokémon Red Version e Pokémon Blue Version, as versões ocidentais de Pocket Monsters Red Version e Green Version.

Desenvolvido pela Game Freak e distribuída pela Nintendo exclusivamente para o console de mão Game Boy, Chegou as lojas em 1996 no Japão e em 1998 nos EUA.

O jogo se passa no continente fictício de Kanto, um lugar onde existem criaturas exóticas conhecidas como Pokémon – abreviatura de Pocket Monsters, ou monstros de bolso, por causa da forma da captura dos monstros, através de instrumentos chamados pokebolas.

Você vive a história de um garoto que vai iniciar sua jornada Pokémon no continente para se tornar um Mestre Pokemon.

Junto com a versão em Game Boy de Tetris, foram os jogos que alavancaram de vez o Game Boy (e suas versões posteriores), console de mão da Nintendo.

Aliando um RPG desafiador ao espírito de “pegar todos” os – naquele momento – 151 pokémon disponíveis, além da possibilidade inovadora de batalha e troca de monstrinhos entre jogadores através de um cabo (Game Link), o jogo foi um estrondoso sucesso mundial, iniciando a bilionária franquia de Pokémon.

Número de Cópias Vendidas: 47 milhões

6º Super Mario Bros

Desenvolvido e publicado pela Nintendo em 1985 para o Famicom (no Japão, Nintendo Entertainment System (NES) para o resto do mundo), é uma continuação do jogo de arcade de 1983, Mario Bros.

A inovação do jogo original (o side-scrolling, a rolagem lateral da câmera) foi transportado para o console de mesa, causando sucesso imediato.

Esse modo de jogo perdurou na franquia até a chegada do Mario 64, mas vez por outra é resgatada para console das novas gerações.

O jogo foi um “divisor de águas” para o NES e para a Nintendo que, a partir daí, entrou de cabeça no mercado de games, não saindo mais desde então.

Super Mario Bros é um jogo consiste em controlar Mário (ou seu irmão Luigi, no modo multijogador) em uma missão de resgate pelo Reino dos Cogumelos para salvar a Princesa Cogumelo (Peach), capturada pelo Bowser.

A trilha sonora do jogo foi inovadora para a época e é um marco inclusive na cultura popular. Até quem nunca jogou vai associar a música ao Mário ou ao jogo em si.

Número de Cópias Vendidas: 48 milhões

5º PlayerUnknown’s Battlegrounds

Também conhecido no ocidente como PUBG, o game – que é o mais recente dessa lista – não criou, mas popularizou o gênero Battle Royale dos games.

O mote todo mundo conhece: até 100 players caem de paraquedas num mapa, saem a procura de equipamentos e armas, enquanto a “área segura” do jogo vai diminuindo aos poucos, forçando o combate dos players até que, no melhor estilo Highlander, “só tenha apenas um“, o último a sobreviver, o vencedor da partida.

Foi um sucesso instantâneo.

Enquanto ainda estava em acesso antecipado, ganhou o prêmio de “Melhor Jogo Multiplayer” no The Game Awards 2017.

Lançado primeiro para PC e na plataforma Steam, chegou a atingir um pico de mais de 2 milhões de jogadores simultâneos no final de 2017, o jogo mais jogado da Steam até então.

No entanto, os bugs que apareciam e a oportunidade de expandir as plataformas, fez com que a desenvolvedora lançasse uma versão Lite em 2019.

Número de Cópias Vendidas: 50 milhões

4º Wii Sports

O Nintendo Wii vinha prometendo muito com o seu sensor de movimento inovador, o Wii Remote, mas no final não vendeu como a Nintendo esperava.

No entanto, a Big N figura nessa lista com o 4º jogo mais vendido da história.

Bem, na Europa e nos EUA, o jogo vinha junto com o Wii, ajudando o Wii Sports a atingir essa vendagem.

O game da própria Nintendo usava e abusava do sensor de movimento do controle para controlar o jogador em uma série de games de esportes, como tênis, boliche, boxe, golfe e basebol.

Apesar de “obrigatório”, o Wii Sports é um jogo competente e que cumpre bem o seu papel, ilustrando – pelo menos na intenção inicial – como o Wii Remote poderia mudar a jogabilidade de diversos games. E o modo como se “joga”.

Mesmo com o boom das vendas do Wii com a “ajuda” do jogo, o console em si não vingou como o esperado.

No entanto, pelo fato de só ter uma versão para o Wii, esse é o jogo de “plataforma única” mais vendido da história.

Número de Cópias Vendidas: 82 milhões

3º Grand Theft Auto V

Grand Theft Auto V faz parte da franquia de jogos GTA, desenvolvida e publicada pela Rockstar.

O 7º game da série foi lançado em 2013, e é um dos melhores games da atualidade, mesmo 7 anos depois do seu lançamento.

O jogo segue o mote principal da série, em que o jogador é o “bandido”.

Nesse jogo, que passa novamente estado ficcional de San Andreas, o jogador pode cumprir as missões dadas percorrendo um gigantesco mapa aberto.

Certamente um dos jogos com maior orçamento da lista (digno de uma produção cinematográfica de Hollywood), GTA V reúne inúmeros recordes:

– game mais vendido em 24 horas (e maior lucro gerado por um produto de entretenimento no mesmo período)
– propriedade de entretenimento a alcançar mais rápido a marca de US$ 1 bilhão.

GTA V elevou a franquia GTA a ser a mais lucrativa da história entretenimento, superando marcas como Star Wars e Avatar.

Até hoje o jogo recebe patchs e DLCs acrescentando mais e mais conteúdo ao jogo.

Número de Cópias Vendidas: 110 milhões

2º Tetris

Um dos jogos mais conhecidos do mundo, com uma infinidade de versões e games inspirados, o Tetris foi lançado em 1984 pela Elektronorgtechnica, empresa soviética.

Sim, o Tetris surgiu como um dos maiores produtos de exportação da antiga União Soviética.

Foi também um dos primeiros jogos ao qual se associou um tipo de vício dos seus jogadores.

Tanto é que seu desenvolvimento houve uma situação em que disquetes foram distribuídos entre os engenheiros do Centro de Computadores da Academia Russa das Ciências (onde Alexey Pajitnov, Dmitry Pavlovsky e Vadim Gerasimov, os criadores, iniciaram o desenvolvimento).

O jogo se provou tão viciante que, temendo ser acusado de atrapalhar o trabalho dos seus colegas, Pajitnov decidiu destruir todas as cópias distribuídas.

Tarde demais, pois as cópias se espalharam até que surgiram interessados em comercializar o jogo.

Como curiosidade, o Tetris para Game Boy foi o primeiro game a ser jogado no espaço, na Estação Espacial MIR.

Número de Cópias Vendidas: 170 milhões

1º Minecraft

Desenvolvida inicialmente como um jogo indie por Markus “Notch” Persson, foi publicado em 2011 pela Mojang Studios, que pertence a Microsoft desde 2014.

Considerado uma das maiores febres da indústria gamer de todos os tempos, Minecraft é o jogo é um sandbox criativo/de sobrevivência.

Como sua característica principal estão os seus inconfundíveis gráficos, em um mundo repleto de blocos a serem mineirados e “craftados“, como o nome do jogo sugere.

Não há exatamente um objetivo específico no jogo (além de matar o Dragão do Fim, o que, teoricamente, “finaliza” o jogo), mas a liberdade com que o jogador tem de explorar e construir aumenta consideravelmente a gameplay do jogo.

Além, claro, dos inúmeros mods que são criados pela comunidade.

Com uma média de 126 milhões de jogadores ativos por mês, o jogo teve seu auge nas plataformas de vídeo e streaming, com certeza um dos motivos do jogo ter se popularizado tanto.

Um estudo conduzido pela Annenberg School for Communication da Universidade da Pensilvânia afirmou que um terço dos jogadores de Minecraft aprenderam sobre o jogo através de vídeos na Internet.

Número de Cópias Vendidas: 200 milhões

Fonte e Fonte

Deixe uma resposta